Notícias

Auxílio Emergencial para trabalhadores autônomos, informais, microempresários individuais (MEI) e desempregados.

Auxílio Emergencial para trabalhadores autônomos, informais, microempresários individuais (MEI) e desempregados.

A Caixa Econômica Federal lançou nesta terça-feira (07), o aplicativo para liberação do auxílio emergencial a trabalhadores autônomos, informais, microempresários individuais (MEI) e desempregados, no período de enfrentamento à pandemia do COVID 19.

O benefício poderá ser solicitado através do cadastro pelo site auxilio.caixa.gov.br ou pelo APP CAIXA | Auxílio Emergencial, disponível para Android e IOS. Após o cadastro, é possível acompanhar o recebimento consultando no próprio site ou APP.

O pagamento do auxílio aos beneficiários do Programa Bolsa Família e às pessoas que estão registradas no Cadastro Único do Governo Federal será realizado automaticamente, elas não necessitarão baixar o aplicativo.

Especificações:

– Auxílio mensal de R$ 600;

– Válido por 3 meses;

– Destinado apenas a maiores de 18 anos;

– Renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50), ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);

 – Podem receber até 2 pessoas da mesma família, desde que atendam aos requisitos do programa;

– Mulheres que sejam as únicas responsáveis pela renda familiar terão direito a receber duas quotas, ou seja, R$ 1200;

– Inscritos no CadÚnico até 20/03, que atendam aos requisitos do programa, não precisam efetuar novo cadastro;

– Beneficiários do Bolsa Família poderão substituir temporariamente pelo Auxílio Emergencial, se este for mais vantajoso;

Não tem direito ao Auxílio Emergencial:

– Aqueles que recebem benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;

– Aqueles que possuem emprego formal;

– Aqueles que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70, no ano de 2018;

– Aqueles que não cumpriam o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

ATENÇÃO! Cuidado ao acessar links recebidos através das redes sociais, pois podem direcionar você a canais fraudulentos.

Mais informações podem ser obtidas junto ao site da Caixa Econômica Federal ou através do Telefone 111.

Se precisar de ajuda, conte com a nossa equipe para te orientar!